Distribuindo ministérios

Do blog Prosa e Política

Estamos assistindo – o que já era esperado, pois conhecemos bem o comportamento dos políticos brasileiros em grande maioria – uma espécie de “luta” pelo poder na composição do mandato Dilma. São 37 ministérios (até hoje ninguém explica por que tantos) que servem de negociações e produtos de “compra” e “venda” entre partidos que se aliam ao poder, não como contribuição para o bem nacional, mas como investimentos visando vantagens futuras que sabem que terão. O principal partido aliado lutou, brigou, discutiu e até ameaçou,  mas conseguiu pelo menos os cinco cargos do conjunto. As nomeações continuam. Chega a dar pena da Dilma que, por vezes vem ameaçando – de certa forma – um tipo de “rompimento” com seu criador,  mas  logo precisa voltar atrás. Afinal, todos sabemos  que quem ganhou a eleição não foi ela, mas sim ele.

continua…

É aquela história da falta de representação e da idolatração. Ela se reflete claramente na escolha dos ministérios. Apesar do discurso da Dilma dizendo que seriam escolhidas pessoas para as posições de acordo com as competências, nada disso vimos acontecer. Essa distribuição de ministérios é “corrupção legalizada”. Mas sempre foi assim e não é ação exclusiva do governo do PT.

Quem sabe um dia…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Political Blogs - BlogCatalog Blog Directory

    Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

%d blogueiros gostam disto: