Resposta ao leitor “PTista” “bolsista” (não CNPQ) “nortista”

Postei ontem sobre uma conversa que tive entre amigos onde falamos sobre o quanto o Brasil realmente melhorou (Link). Dentre propagandas tendenciosas a favor e contra às vezes abrimos mão da verdadeira análise. Na mesa estavam pessoas esforçadas por natureza. Amigos dos quais me orgulho. Diria um outro amigo meu, hoje abandonado (desvalorizado) pela sociedade brasileira, trabalhando na França:

Nós somos o reflexo das seis pessoas mais próximas. (Allan Pierre Barauna)

E é isso que acontece por aqui na fina flor sulista. Nós retribuimos o que recebemos e isso contagia a população. Talvez por isso, o índice de desenvolvimento humano do sul seja melhor. É por isso que o leitor chama o sul de “fina flor”. E o sul é realmente a fina flor do Brasil. Que sirva de exemplo! O comentário do leitor está a seguir. Arrumei as vírgulas para ficar claro o que ele queria dizer.

É a visão da fina flor da sociedade “sulista”. No contestado, caboclo também não tinha direito de sonhar em ser proprietário de terras.

Em nenhum momento separei na minha análise sulistas de nortistas, porém dentre meus amigos aqui do sul (onde nasci e obviamente onde vivem as seis pessoas que me cercam), existem descendentes de todas as raças e isso não motiva nenhuma desavença interna nem externa (tirando piadinhas e algumas raras exceções). O nosso amigo leitor que desenvolveu o seu comentário se referia a Guerra do contestado que faz parte da história dos “sulistas”. Foi uma guerra entre os caboclos e o governo brasileiro que aconteceu na região entre o Paraná e Santa Catarina. De nada a conversa sobre o Brasil se assemelhava a situação do contestado e não propus uma desapropriação de terras do povo, muito menos comandada por um governo militar. Não tem cabimento a comparação dele e ela é tendenciosa. Foi a forma que ele encontrou para justificar as bolsas-tudo sem nada em troca financiadas pelo governo do PT. E a partir da visão dele, concluo que Lula é o monge José Maria!

O que na verdade acontece é que assim como no contestado, a coisa foi resolvida da forma errada. Após uma batalha o povo chegou a esperar a ressurreição do monge que os guiava. Pretendiam combater os coronéis (emissários do diabo) com seu exército encantado (chamavam de exército de São Sebastião).

Talvez essa fosse a única forma de tentar resolver a situação naquela época. Mas estamos em 2010. Agora temos uma república democrática e espero que a tenhamos por um bom tempo. Isso se os ídolos (ou monges) não decidirem mudar o quadro. Aqui a coisa se resolve na justiça. Pelo menos deveria. Dinheiro não nasce em árvore e alguém vai ter que pagar pelos upgrades sociais. E normalmente não é a elite. Ou então o povo mesmo pode retribuir compensando o Brasil com algo de útil, que normalmente é resultante de uma educação e do desenvolvimento do trabalho. Isso é quadro de países desenvolvidos. Equilíbrio social.

Bolsa família sem criança na escola e sem cidadão trabalhando é burrice. É a maior compra de votos da história do planeta. Populismo! Ainda não está mas vai despedaçar a sociedade brasileira. Espero que tu não estejas aguardando a ressurreição de Lula com um exército encantado quando o PT perder. O que estais propondo é uma guerra e não uma troca. Eu estou propondo escola.

Anúncios
Comments
5 Responses to “Resposta ao leitor “PTista” “bolsista” (não CNPQ) “nortista””
  1. VIctor disse:

    Olha eu de novo! Eu tambem morei na europa, e se o senhor perguntar para o seu amigo que mora na Franca, ele te dira como a populacao e protegida pelo governo: qualquer pessoa que perde um emprego recebe uma bolsa, os que nao tem condicoes recebem ajuda do governo, entre varios niveis de ajuda estatais. O fato e’ que o Brasil Nunca foi pobre mas e’ um pais de pobres. Fomos sempre dominados por uma elite. O fazendeiro que tem hoje recebeu suas terras do pai, que recebei do pai, que recebeu do pai, que recebeu do Rei de Portugal, atravez das capitanias hereditarias. Para a classe dominante foi sempre importante manter uma parte da populacao sem acesso a educacao, saude, etc, para a manutencao do seu poder. Repito que o Brasil tem a terceira pior destribuicao de renda do mundo e isso e’ realmente um absurdo! Quem ”pagava o pato” dessa politica para poucos foi sempre a classe media que paga tudo em dobro: paga a escola publica ao governo e a particular para o filho, o hospital publico e o plano de saude privado. A unica forma de democratizar e’ aumentando a classe media. Investimentos em educao so dao frutos depois de geracoes e resultados nao se veem de imediato. Enquanto isso o que voce quer fazer com os milhares de pobres? deixa-los passando fome?!

  2. Alexandre disse:

    “Bolsa família sem criança na escola e sem cidadão trabalhando é burrice.”
    TENHA DÓ, VIU?!

    Um dos pilares do bolsa família é JUSTAMENTE obrigar os pais a manterem os filhos na escola e com RESULTADOS. Uma moça que trabalhou em minha casa PERDEU o bolsa família porque seus filhos NÃO ESTAVAM indo à escola, e tendo resultados pífios.

    Leia mais!!! Se você não sabe, ATÉ os “americanos bonzinhos” tem o bolsa família deles, que se chama “food stamp”. PESQUISE.

    • Caro, concordo contigo. Coloquei mal. O “sem criança na escola” significa “sem escola para a criança”. Afinal, nossas escolas são uma mer! E sem cidadão trabalhando é isso mesmo, pelo menos temos a situação de empregos melhorada no pais. Merito sem duvida do PT.

  3. Alexandre disse:

    O país está melhorando SIM.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Political Blogs - BlogCatalog Blog Directory

    Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

%d blogueiros gostam disto: