Balanço Lula. Retrospectiva de oito anos de governo.

A seguir faço uma análise dos prós e contras os últimos 8 anos. Não pretendo fazer comparações com os governos anteriores.

O governo do PT teve sem dúvida seus méritos e muito agregou a esse país mas também deixou problemas para sua sucessora resolver. Muitos. A seguir listo os principais pontos positivos.

  • Excelente política social. A subida de classe dos pobres e o fim da pobreza absoluta são méritos sim deste governo. Pobre acessando internet, comprando casa, carro agora é realidade. Foram dezenas de incentivos importantes. Legalização fácil e desburocratizada de empreendedores individuais, criação de sistemas como o simples nacional para micro e pequenas empresas, incentivos e fundos de financiamentos para a área agrícola e industrial, fundos de inovação e outros. Tudo isso gerou renda a classe pobre com mérito e os deu condições de trabalho. Foram políticas como essa que fizeram nosso número de emprego melhorar em um país que sempre esteve defasado internacionalmente. Foram estas políticas que a meu ver permitiram Lula chamar a crise internacional de marola.
  • O PT mostrou como realmente a elite dominava o país sem nenhuma intenção de engrandecer o povo. Eram apenas interesses pessoais. Desmascarou esses grupos que hoje tem apelidos que se espalham por mídia nova. Foi o marco da troca de governo, a primeira troca.
  • Mostrou que esse papo de preparo para ser governo é furado. Quem tem condições de disputar e ganhar eleição tem preparo mesmo que não seja maioria no congresso. Foi o caso do PT no primeiro e no começo do segundo mandato quando inclusive perdeu a CPMF. Afinal de contas são poucos os parlamentares que votam contra medidas boas sem justificativa e com objetivos apenas pessoais. Esses duram pouco, Bornhausen que o diga. E de fato a CPMF não é bem vinda. Para finalizar, o preparo aqui colocado é sobre a capacidade de governar de um partido de baixa expressão e não do mérito pessoal ou da formação acadêmica do candidato. Votos dão automaticamente preparo ao partido. Basta escolhermos aquele que realmente se encaixa melhor com nossa ideologia. Se ganhar estará preparado.
  • Acabou com o caminho da destruição e elitização das Universidades Federais. Ganhamos até algumas Federais novas. Quem estava estudando lá no fim da era PSDB sabe bem do que estou falando. Aquilo sim era terrorismo.
  • Livrou nossa cara do FMI (há controvérsias, mas eu acho que sim). Tem quem reclame demais da política internacional. Inclusive o pessoal de fora, que a meu ver se sentem incomodados por motivos claros. Estamos ocupando mais espaço.

Mas, além das virtudes existem os problemas do governo. Acredito que até quem apoiou o PT ferozmente vai concordar com alguns pontos que vou listar. Se não concordar com nenhum, não estará sendo justo consigo e com a nação.

  • A elitização das universidades acabou, mas o pessoal que entra nela entra mal. A formação educacional básica é deprimente. Os alunos do ensino técnico precisam sempre de força extra para recuperar a falta do ensino fundamental. Não são todos que conseguem. Já fui professor de curso de tecnologia e de universidade particular e sei o que é esse mundo. As metas de ensino foram atingidas em somente 30% e o setor não foi melhorado, foi posto de lado. Pelo menos não piorou, mas era obrigação do PT elevar o status desse setor de medíocre para aceitável. Além disso a destruição pela elitização se transformou em destruição pela cota! Sim, a cota é o sistema de equilíbrio social mais absurdo que já se pensou. De nada podemos tirar proveito desta idéia absurda e apesar de não ser tão destrutiva quando a elitização, ela é muito mais discriminatória.
  • Ignorou completamente o setor tecnológico. Falou em “fabricar chips” como se falasse em abrir uma fábrica de batatinhas crocantes na esquina. O assunto foi mal tratado e ignorado. Não houve estudo. O governo do PT não viu o assunto tecnologia com importância, a não ser que seja sobre petróleo (de onde tira muito dinheiro), álcool e biodiesel (dos seus colegas usineiros e agregados). Só que sem semicondutores em casa continuaremos dependentes de tecnologia. Esse erro ainda pode sair caro na nossa conta. Apesar dos financiamentos de inovação, o país ainda não está preparado para inovar e levantar nosso status tecnológico. As boas universidades também não estão em sintonia com a indústria. Não é difícil de ver nas propostas de inovação idéias como moto-contínuo (clique para saber do que se trata, mas imagine uma garrafa que ao derramar o líquido, este cai novamente dentro da garrafa), que demonstram ao meu ver total amadorismo ou “analfabetismo tecnológico”. Este item reforça o abandono do ensino que considero nossa principal defasagem.
  • Lula foi marketeiro ao extremo. Baseou seu governo em aprovação máxima e não nas melhores soluções técnicas para os problemas do país. De fato a melhor solução poderia não render votos. A “marola” da crise internacional se amenizou com as políticas internas que distribuíram melhor a renda, mas nosso crescimento mundial é o menor dos BRICS e está entre os piores da América Latina.
  • Lula não tem uma grande formação acadêmica, mas isso é um problema da história dele. Não justifica a falta de crescimento intelectual depois de toda a oportunidade que teve. É um exemplo de como se tornar um presidente e não aprender nem a falar o inglês (precisando). Marina Silva sim é exemplo. De seringueira analfabeta a senadora formada em história mesmo passando fome. Isso transformou ela na grande pessoa que é. Mas Marina não ganha votos do povo. A idolatria de Lula foi reflexo de um povo que tem baixo prestígio pela formação acadêmica. Um povo que tem medo de quem pensa. Existem sim pessoas diplomadas de mal caráter, mas isso é exceção e não regra. Aqui a regra é desvalorização e dificilmente se fala o quanto se perde de doutores e mestre para países estrangeiros. A falta de apreço pela competência para ocupar o cargo é deprimente no governo do PT. As escolhas são políticas e não técnicas. Isso foi fonte de corrupção num país que um grande palhaço se torna um grande político sem sequer ter noção de legislação (nem de português). Mas ele agora tem a chance de aprender. Se não o fizer, é somente mais um dessa grande massa corrupta.
  • A elite virou um semi parceiro de negócios, pois teve que abrir mão de pedaço do bolo. A vitória de Lula afinal, não veio de uma decisão do povo, e sim de um acordo com seus parceiros de governo e uma campanha de governo e não de oposição (discurso do Lula na Globo dias antes da primeira vitória). Povo esse que passou tempo chamando Lula de despreparado e de repente entrou nessa pela falta de educação e continuará entrando em situações assim no futuro. E pode acontecer de cair nessa com outro time. Afinal o PiG ainda publica e espero que continue publicando, senão não teremos do que rir. É a lei da concorrência.
  • Falou muito em repressão à mídia. Lula corretamente ignorou e desmentiu muitas colocações da grande mídia, mas ainda existem frentes dentro do governo a favor de uma regulação baseada em censura. Isso quem falou foi o próprio assessor de imprensa do governo. Diz ele que esse pessoal sempre existiu, mas não tem força. São os perigosos extremistas. É ver pra crer. Tomara que daqui pra frente se fale somente em uma “Ley de médios” brasileira, mas até aqui pouco foi feito e a obscuridade do assunto assusta.
  • Da política internacional poderiam ter ficado de fora muitos amiguinhos não desejados e deveriam ser tratados com mais cuidados, sem amadorismo.
  • A corrupção comeu solta. Nem entramos em detalhes de mensalão, dinheiro nas cuecas a caminho do exterior, prefeitos mortos sem explicação. Todos esses assuntos estão ainda mal explicados e a rede de corrupção envolve também seu grande parceiro, o PMDB.
  • Lula se postou como ídolo do povão. Abraçou e chorou junto fazendo aquela famosa cena sensacionalista messiânica de fim de novela das 8. Era para ter se portado como um representante, como o “funcionário público numero um” somente. Eu gostava desse discurso dele. Só que a posição correta pode não resultar em 87% de aprovação. Isso nos faz questionar sobre os objetivos das políticas sociais. Além disso, em outros países que conhecem a alternância de poder, governo atual deixa país bom para o posterior e apesar das pequenas questões ideológicas ambos decidem juntos pelo país. O medo de uma volta do PSDB não deveria ser tão assustadora quando é. Faltou, assim como tantas outras, a reforma política e o investimento na educação do povo.
  • O PAC é uma incógnita. Ou não existe, ou existe e não funciona, ou eu não estou vendo. O que vemos é que a infra estrutura continua péssima e sem ela país nenhum pode planejar crescimento. Em Março de 2010 apenas 54% das obras previstas saíram do papel (de acordo com a ONG contas abertas).

Na minha opinião, a falta de investimento em educação é o ponto realmente crítico que desaprova o governo. Fico sempre pensando se a falta dela não é um objetivo do governo para manter o povo cego e continuar a sua dança no congresso. A perspectiva de ensino para uma criança que nasce hoje em uma comunidade de baixa renda não é das melhores e não existe ainda um plano a não ser uma lista de metas que, se nada mudar, pode ser atingida em 6 de 20 itens novamente. Precisaríamos atingir 100% com potencial para 120, 140%. Resultados como 50%, 60%, 80%, 95% não dá, não serve. Mas um governo que não valoriza formação não valoriza escola. Na verdade esse é o grande fundamento da corrupção.

Minha conclusão política é: “Foi bom, mas tem o que melhorar”. Analiso igualmente o certo e o errado.

E a conclusão pessoal é: “Não fizeram nada certo e tomara que alguma coisa certa seja feita”. Pessoalmente prefiro ser pessimista e me surpreender somente com o resultado bom. Pessoalmente acho que enquanto o Brasil for “Analfabeto Tecnológico” e sem o ensino básico, não existirá Brasil como nação. Será apenas um arranca rabo interno, com dois lados bem distintos (“esquerdistas” e “direitistas”, “sulistas” e “nortistas”) sem data para acabar.

Para concluir não espero concordâncias, mas vou lançar aqui uma enquete para sabermos o que o pessoal achou do governo Lula. Afinal faço parte de um grupo misto onde temos gente que gosta do governo e quem não consegue nem ouvir falar nele. Eu fico no meio.

Anúncios
Comments
3 Responses to “Balanço Lula. Retrospectiva de oito anos de governo.”
  1. O governo Lula avançou na economia, com resultados positivos, no campo social também. No que tange a Educação, alguma coisa foi feita embora que com uma certa timidez. Nesta área precisamos mais, muito mais. Meio Ambiente com índices de desmatamentos em queda, também foi digno de registro embora necessite de atacar problemas estruturais como saneamento básico por exemplo e que não seja aprovado o que quer o pessoal da Kátia Abreu sobre o novo código Florestal. Segurança Pública e Saúde quase nada foi feito. Em resumo, sobra muito para o governo Dilma, que esperamos tenha competência para avançar no combate aos graves problemas que ainda temos. Antes que esqueça, o combate à pobreza extrema foi outro sucesso do governo Lula que Dima promete continuar combatente até extingui-lo se é que isto é possível. Torço por ela e por seu governo, pois torço pelo Brasil.

    • Concordo plenamente Eason.
      Para completar, a pobreza extrema que dilma prometeu continuar poderia ser um assunto totalmente desvinculado de pauta se tivessemos educação. Com educação a pobreza extrema nem é ameaça.

Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] seguir reportagem da Folha que trata do que já falei aqui quando comentei sobre a dificuldade de conectar as universidades com a indústria é um exemplo de […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Political Blogs - BlogCatalog Blog Directory

    Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

%d blogueiros gostam disto: